Revista Brotéria

  
A Brotéria vai mudar para S. Roque PDF Versão para impressão Enviar por E-mail
Revista Brotéria   
Segunda, 20 Dezembro 2010 14:49

foto_largo_02

Protocolo assinado com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa.

 

Caros Leitores e Amigos,

É com muita alegria que comunicamos que, depois de muitos anos na Rua Maestro António Taborda, a Brotéria (comunidade, biblioteca e revista) vai mudar de lugar para os edifícios da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, junto à Igreja de S. Roque e à antiga Casa Professa.

Esta transferência, que está a ser negociada há mais de um ano, chega agora ao seu terminus feliz, como testemunham os dois documentos que se seguem:

- Doc. 1 – Documento interno do Sr. Provedor da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, Dr. Rui António Ferreira da Cunha, que tomamos a liberdade de citar;

- Doc. 2 – Documento do Rev. P. Provincial da Companhia de Jesus, P. Nuno da Silva Gonçalves, enviado a toda a Província.


Graças a Deus,

O Director,

António Vaz Pinto, S.J.

(CARTAS)

DOC. 1

 

De: Provedor, Rui António Ferreira da Cunha

 

ASSUNTO: Protocolo de Colaboração entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Província Portuguesa da Companhia de Jesus e a Associação Brotéria – Associação Cultural e Científica

 

Informo que terá lugar no próximo dia 21 de Dezembro (terça-feira), às 17h30, na Sala de Extracções, no Conjunto de S. Roque, a cerimónia de assinatura de um Protocolo de Colaboração entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, a Província Portuguesa da Companhia de Jesus e a Associação Brotéria – Associação Cultural e Científica, com vista à transferência da Revista Brotéria e da sua Biblioteca para o Conjunto de S. Roque, sede da Misericórdia de Lisboa.

A Biblioteca Brotéria, propriedade da Província Portuguesa da Companhia de Jesus, é constituída por cerca de 150.000 monografias e 980 publicações, particularmente valiosas nas áreas da Teologia, da Filosofia, da História, da Cultura e das Humanidades. A Revista Brotéria, fundada em 1902, actualmente propriedade da Associação Brotéria, é uma referência incontornável enquanto revista cultural e científica.

 O presente Protocolo não põe em causa a identidade da Revista e da Biblioteca Brotéria, que se mantêm pertença da Associação Brotéria e da Província Portuguesa da Companhia de Jesus, entidades a quem compete a respectiva gestão.

Esta parceria reveste-se de especial significado pela ligação histórica existente entre a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa e a Companhia de Jesus e pretende criar condições para uma maior e melhor acessibilidade à Revista Brotéria e à sua Biblioteca, complementando e potenciando a oferta cultural das duas Instituições.

 Com os melhores cumprimentos

 O Provedor

(Rui António Ferreira da Cunha)

    *    

*         *

 DOC. 2

 

Assunto: Protocolo com a Misericórdia de Lisboa relativo a novas instalações para a Brotéria.

Caros Amigos no Senhor,

 No próximo dia 21 de Dezembro, às 17.30, irei assinar, juntamente com o P. António Vaz Pinto, em nome da Província e da Brotéria, um protocolo de colaboração com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa que irá possibilitar a mudança da revista Brotéria e da sua biblioteca para instalações que nos serão cedidas no Largo Trindade Coelho, junto à Igreja de S. Roque.

 Como podem imaginar, trata-se de um processo que se reveste da máxima importância e implicará mudanças muito significativas no funcionamento da Brotéria. As negociações que levaram à formulação deste protocolo decorreram nos últimos meses, foram acompanhadas pelos órgãos competentes da Província e tiveram a aprovação do P. Geral que, em carta de 15 de Dezembro passado, teve ocasião de escrever: “concedo a permissão solicitada, na confiança de que isso suporá um meio adequado para desenvolver melhor uma das prioridades da nossa Companhia: pôr em relação a fé com a cultura, mediante um sério trabalho intelectual que saiba equilibrar a reflexão e a investigação com uma divulgação de qualidade”.

O Projecto Apostólico, no primeiro dos objectivos indicados para a Província, aponta a necessidade de “criar condições humanas e materiais para o funcionamento do Centro Brotéria, como obra apostólica ao serviço da evangelização da cultura”. Acredito firmemente que o acordo que obtivemos com a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa é um passo decisivo para a realização deste objectivo. De facto, a Brotéria disporá de instalações adequadas para a sua missão, num local de grande significado histórico para a Companhia, numa zona bem servida de transportes públicos e caracterizada por uma grande vivacidade cultural.

 Terei ocasião de partilhar, nos próximos tempos, outros aspectos deste acordo.

 Acrescento, apenas, a grande abertura e interesse que encontrámos por parte da Misericórdia de Lisboa e a indicação de que a mudança não se deverá realizar antes de dois anos. Por outro lado, as questões relacionadas com o local de habitação da Comunidade terão ainda de ser aprofundadas e nada está decidido sobre o futuro da casa da R. Maestro António Taborda, 14. Do protocolo que iremos assinar consta, contudo, o compromisso da Misericórdia de Lisboa, de ceder à Companhia, em zona próxima do LargoTrindade Coelho, uma casa para habitação dos jesuítas ligados à capelania de S. Roque e à Brotéria.

 Como todos compreendem, esta decisão vai implicar disponibilidade e pode trazer consigo algumas apreensões, principalmente para as pessoas que dedicaram toda a sua vida à Brotéria, nos seus moldes actuais de funcionamento. No entanto, acima de tudo, creio que trará muitos frutos, permitindo que a Brotéria possa cumprir melhor a sua missão como instrumento privilegiado da Província na área da cultura. A assinatura do protocolo decorrerá na sede da Santa Casa da Misericórdia de Lisboa, no Largo Trindade Coelho, e todos estamos convidados a participar.

 Rezemos uns pelos outros, pelas vocações e, nesta ocasião tão especial, pelas próximas etapas da nova fase da história da Brotéria. Desejo a todos um Santo Natal e um Ano Novo muito abençoado!

 Com muita amizade no Senhor,

 Nuno da Silva Gonçalves S.J.

Provincial

 
You are here: Página Inicial Revista Brotéria Artigos A Brotéria vai mudar para S. Roque