Revista Brotéria

  

Abril de 2018 Volume 186

 Descarregar PDF Voltar


1  Editorial: Luta, vigilância e discernimento
António Júlio TRIGUEIROS SJ
2  O fim da privacidade e as novas lutas pela liberdade
Rodrigo Serra LOURENÇO
3  O lugar de Deus no universo de Stephen Hawking
Bruno NOBRE SJ
4  A diluição do jornalismo
Jorge WEMANS
5  A presunção de Inocência e os seus equívocos – o caso de José Sócrates
João Miguel TAVARES
6  Segredo de justiça – a perspectiva criminal
José Souto de MOURA
7  Da indignação justa
Francisco Sassetti MOTA SJ
8  Não nos deixes cair em tentação? – em busca das origens de uma tradução singular
Filipe Stilwell d’ AVILLEZ
9  Para uma estrutura orgânica e operativa da Paróquia hoje
Francisco MELO
10  Ética empresarial- um oximoro?
Cristina Vaz TOMÉ
11  Nos 150 anos de Rimbaud – os símbolos e o nada que é tudo
Carlos Maria BOBONE

Revista Brotéria

Conselho de Direcção e de Redacção

Contacto António Júlio Trigueiros, SJ
Director
Contacto
Contacto António Vaz Pinto, SJ

Contacto
Contacto Vasco Pinto de Magalhães, SJ

Contacto
Contacto Francisco Sassetti Mota, SJ

Contacto

Conselho de Redacção

Contacto Carlos Capucho

Contacto
Contacto Carlos Maria Bobone

Contacto
Contacto Francisco Malta Romeiras

Contacto
Contacto Francisco Sarsfield Cabral

Contacto
Contacto Guilherme d'Oliveira Martins

Contacto
Contacto Henrique Leitão

Contacto
Contacto Joaquim Sapinho

Contacto
Contacto Manuel Braga da Cruz

Contacto
Contacto Margarida Neto

Contacto
Contacto Miguel Corrêa Monteiro

Contacto

Índice Maio/Junho 2018

 Descarregar PDF

MAIO/JUNHO 2018 - A corrupção não se combate com o silêncio

Estamos em tempos em que o problema da corrupção está na moda pelas piores razões, quer por se constatarem limitações na investigação, quer pela ideia generalizada de impunidade e de ineficácia perante um elevado número de infrações, quer pela multiplicação de alguns processos mais “mediáticos”, com uma exposição inusitada e eventualmente ilegal. 

Ler artigo

ABRIL 2018 - A presunção de inocência e os seus equívocos: o caso de José Sócrates

odemos chamar a esta questão “o elefante do meio da sala”: se a presunção de inocência é uma regra constitucionalmente consagrada, e se não há qualquer sentença transitada em julgado, até que ponto tenho eu o direito de presumir a culpabilidade de alguém?

Ler artigo

MARÇO 2018 - Portugal e o mundo – o fim das ideologias

Para quem nasceu na década de 90, 80 ou mesmo 70 nunca como hoje se viveu um tempo tão efervescente. Por detrás da sucessão de dias, que sempre se nos apresentam com normalidade e sem vazios, a história parece caminhar para um muro de desconhecido.

Ler artigo

You are here: Página Inicial